Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
30 de Maio de 2003 às 00:00
SIM
Existem serviços claramente subaproveitados no domínio da Saúde. Recordo o caso do Hospital Universitário de Coimbra que não tem listas de espera. Existem outras unidades com capacidade para dar resposta a mais cirurgias e tratamentos. Basta ao ministro adequar a oferta à procura existente e sensibilizar todos os intervenientes neste processo, médicos e pacientes, de que é necessário acabar, de vez, com o flagelo das listas de espera que envergonha o País.
Miguel Alexandre Ganhão - Editor de Economia
NÃO
É inegável o esforço que o Ministério da Saúde tem feito no sentido de recuperar o atraso na realização das cirurgias, com resultados positivos. Talvez por isso, o bom senso aconselhasse a não fazer promessas que, mesmo num horizonte alargado (mais de um ano), são impossíveis de cumprir. Por um lado, porque as listas de espera são ‘infindáveis’. Por outro, porque a agitação no sector – com greves sucessivas – inviabiliza todo e qualquer cumprimento de prazos.
Paulo João Santos - Editor de Sociedade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)