Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
1 de Setembro de 2003 às 00:00
SIM
Vender Luisão e Petit seria benéfico para os cofres da Luz, mas, em contrapartida, representaria um claro enfraquecimento da equipa e deixava Camacho numa situação insustentável. É que o técnico espanhol, mesmo após a contratação de Luisão, continuou a reclamar mais quatro reforços e perder dois jogadores, numa altura em que o mercado de transferências já fechou em Portugal, seria a gota de água. Não vender nesta altura foi uma decisão acertada. A bem da tranquilidade no seio do clube.
Pedro Sequeira - Editor de Desporto
NÃO
O Benfica não está em condições de recusar uma oferta de 18 milhões de euros. Para além do alívio que tal “injecção” de capital representaria para os cofres da luz, seria uma excelente oportunidade para “equilibrar” a guerra das compro e vendas do defeso, na qual ficou claramente a perder face aos milhões entrados na tesouraria dos rivais Sporting e Porto. Ainda por cima, não falamos de jogadores indispensáveis: Petit tem estado algo apagado em relação àquilo a que nos habitou e, quanto a Luisão, o problema do Benfica não reside no eixo da defesa. Com 18 milhões já se comprava um lateral-esquerdo...
Ricardo Ramos - Jornalista de Mundo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)