Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
29 de Junho de 2010 às 00:30

Nenhuma equipa pode vencer defendendo apenas a sua área. No máximo empata. Para derrotar é preciso marcar golos, o que implica atacar a baliza contrária. Por isso, embora hoje seja imperioso assegurar a qualificação, o triunfo contra a poderosa, talentosa e bem organizada equipa de Espanha não pode ser alcançado num jogo continuamente defensivo, esperando que o adversário falhe para Portugal marcar um golo fortuito. Suplantar uma equipa tão perigosa requer uma defesa intransponível. Porém, é frustrante ver futebol assente apenas na atitude defensiva! Por isso, é vital que a selecção lusitana ataque com determinação e organização, para marcar cedo os golos da vitória.

Ver comentários