Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
29 de Junho de 2004 às 00:00
Mas, naturalmente, neste momento, tal como se previa, há também uma intensificação das acções de desestabilização no Iraque, o que torna necessária a presença de uma coligação internacional que ajude as autoridades iraquianas nas tarefas de segurança interna e de defesa. E não é verdade que fique pouco espaço para o exercício de um poder efectivo por parte das autoridades iraquianas, pois as decisões em matéria política, seja nacional ou internacional, ou ainda política económica, são dos órgãos de soberania iraquianos. Só que, naturalmente, trata-se de uma situação anómala, na medida em que há a necessidade da presença de uma força internacional, o que é reconhecido pelas próprias autoridades iraquianas e pelas Nações Unidas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)