Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
22 de Março de 2003 às 01:00
SIM

Os apelos à paz de milhões de pessoas em todo o mundo não foram suficientes para calar os tambores da guerra. Hoje, outras tantas saem à rua na esperança de que as suas vozes cheguem aos ouvidos empedernidos dos senhores do mundo e mudem de alguma maneira o curso dos acontecimentos. É difícil, mas não impossível – o caso do Vietname é disso exemplo. Mas temos de acreditar que, pelo menos, refrearão os ímpetos dos ‘falcões’ de Washington.

José Rodrigues
Subeditor de Política

NÃO

As guerras modernas são cuidadosamente planeadas, por grandes estrategas que sabem perfeitamente os objectivos a atingir e os meios que são necessários para o conseguir. A opinião pública é um factor exógeno à lógica de guerra não deve influenciar as decisões no teatro de operações. A segunda guerra do Golfo está em curso. Começou de acordo com o planeado e terminará quando os comando aliados assim o desejarem, sem hesitações ou receios de qualquer tipo de pressão.

Miguel Alexandre Ganhão
Editor de Economia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)