Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
20 de Novembro de 2006 às 00:00
Há quem, porém, discorde. Quem passe por cima de exemplos seculares de como se prepara um crime e veja num almoço discreto entre o PGR e o primeiro-ministro o advento da corrupção da Justiça. O mesmo é dizer que Sócrates e Pinto Monteiro são muito, muito ingénuos; ou que todos os corruptos, da Roma Antiga aos dias de hoje, estão errados.
Os críticos reprovam ainda que a ‘Operação Furacão’ sobre a Banca tenha sido discutida. Ou seja, nesta tese, além de ingénuos, Sócrates e Pinto Monteiro eram irresponsáveis porque preferiam falar da queda outonal da folha a discutir o que se passa no País.
Desta vez, no PSD, uma notícia chegou para acusar Governo e PGR. Pelos vistos – e recordando as recentes posições do partido face ao publicado sobre Celeste Cardona e Valentim Loureiro –, a presunção de inocência é regalia exclusiva dos militantes.
PS – Quem acredita em tudo o que dizem Luís Filipe Vieira e José Veiga só pode concluir que a cabala contra o Benfica funciona: a equipa perdeu. Não fosse isso e a assistência de Quim e a distracção de Nélson teriam sido irrelevantes para o resultado em Braga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)