Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
30 de Maio de 2010 às 00:30

No Facebook multiplicam-se os grupos contra, como o "Graças à Galp vamos ficar surdos este mundial". Mas o grupo oficial tem mais adeptos, encantados por partilharem coisas como "Mabhuti esteve num posto Galp de Vila Real a espalhar energia positiva" (30 pessoas gostam disto). Tal como o caso do anúncio do Pingo Doce, a vuvuzela confirma que se mantém verdadeira nas redes a máxima "não importa o que berram,desde que falem de mim".

QUEM SOU EU?

Em 4 anos subiu de 47 para 57 a percentagem de americanos que pesquisam o seu próprio nome, diz estudo da Pew sobre reputação www.s3g.me/9vi

Ver comentários