Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Matámos o Londres

Vivo há seis anos num prédio cuja porta dista 255 metros do cinema Londres.

Leonardo Ralha 17 de Março de 2013 às 01:00

Apesar disso, nunca lá fui ver um filme ao longo desse tempo, sendo improvável que o possa vir a fazer, pois a falta de pagamento da conta da EDP que levou ao encerramento será a ponta do icebergue da crise da Socorama, aquela empresa que apresenta em todo o lado o histórico símbolo da Filmes Castello Lopes. Uma parte da minha vida de cinéfilo teve lugar ali, mas o tempo encolheu, os canais de televisão aumentaram e a Internet tomou conta de tudo. O romano Cícero terá dito que "todos os homens honestos mataram César", pois "a alguns faltou arte, a outros coragem e a outros oportunidade, mas a nenhum faltou a vontade". Eu e muitos outros habitantes do bairro dominado pela Avenida de Roma matámos o Londres, porque nos faltou essa última.

cinema londres filmes castello lopes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)