Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Mau sinal

O Verão de 2009 promete ser uma mistura explosiva de eleitoralismo e ‘silly season’. As hostilidades já começaram: na passada semana, e com Santana a mexer, António Costa resolveu dar uma canelada no Governo. Para Costa, a exclusão da autarquia da administração do Metro só mostra a ‘nódoa’ em que o Ministério das Obras Públicas se tornou.

João Pereira Coutinho 4 de Julho de 2009 às 00:30

Palavras fortes, sim. E palavras impensáveis antes da derrota do PS nas europeias.Fatalmente, a derrota mudou as regras e Costa sabe que a sua sobrevivência (em Lisboa e no PS) passa por renegar o Governo, de que ele, convém lembrar, foi destacado membro. Duvido que funcione. A traição, como alguém dizia, pode ser uma mera questão de datas. Mas o gesto de Costa é, sobretudo, uma questão de medo: o medo de ser varrido em Outubro por uma maré que pode começar em Setembro. Mau sinal.

Ver comentários