Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
27 de Julho de 2006 às 00:00
SIM
A opinião de todos em Tribunal foi unânime: os avós maternos de Fátima L. devem ficar com a criança. Uma evidência até para o Ministério Público. Assim sendo, não há razões para sujeitar a criança a mais privações de amor e carinho. Os avós tudo têm feito para ficar com Fátima L. e merecem-no. São família e melhor que ninguém podem criar um ambiente propício ao seu crescimento saudável.
Luís F. Silva, Subeditor de Cultura & Espectáculos
NÃO
Creio no arrependimento e na capacidade para não repetir erros, pelo que não estou condicionado pelo facto de esta avó ser a mesma que deixava a bebé entregue aos pais, a quem ela tinha sido retirada. Neste momento, nada mais importa que a felicidade de quem mais a merece: a própria criança. E esta será muito mais facilmente alcançável longe do ambiente em que viveu até aqui.
António Tadeia, Chefe de Redacção
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)