Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Vaz

Médio Oriente

A intervenção do norte-americano Lynn Pascoe, subsecretário-geral da ONU, no Conselho de Segurança da semana passada, sobre novas consultas de paz com Israel e a autoridade da Palestina, teve reacções até na China. O editorial de ontem no ‘Diário da China’ intitula-se "Voltemos à mesa das negociações de paz", e nos EUA também se reflecte sobre o assunto. A frustração é que o plano dos quatro (EUA, União Europeia, Rússia e ONU) encarregados da paz previa um Estado palestiniano em 2005.

João Vaz 20 de Abril de 2010 às 00:30

Russos: O Chelsea está prestes a voltar a ser campeão, mas o seu do-no, Abramovich, está em queda entre os mais ricos. Roman caiu de 2.º para 4.º na Rússia, apesar da sua fortuna subir de 6,3 para 8,3 mil milhões de euros. O russo mais rico é Vladimir Lisin, de 53 anos, magnata do aço, com 11,7 mil milhões.

Multa: Os EUA anunciaram ontem que a Toyota aceitou pagar 16,375 milhões de dólares (12,1 milhões de €) de multa pela demora no aviso às autoridades das avarias nos pedais dos carros. O respeito pelo consumidor varia muito!

Yuan: O Ministério do Comércio da China desmentiu ontem a existência de acordo com os EUA sobre a manutenção do câmbio da sua moeda.

33% deu ontem a sondagem do ‘Sun’ aos Liberais Democratas à frente de Tories (32%) e Labour (26%).

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)