Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6 de Fevereiro de 2014 às 11:06

Maria Luís Albuquerque – Não renova contrato

(sai a custo zero no final da época?)

 

D. Januário (Torgal) defende que “este Governo devia cair”

(da cadeira?)

 

Governo não renova com Standard & Poor’s
(também só marcava na nossa baliza)

 

Fatura da sorte aceita devedores

(há horas felizes)

 

Facturas da água e luz dão prémio ao Fisco

(não dão choque?)

 

Ladrão pesca raspadinhas

(sem Fisco?)

 

Cavaco Silva quer aposta na inovação

(contra a corrupção?)

 

Portugal pode ir para a República Centro-Africana

(e a Guiné Equatorial pode vir para Portugal)

 

A actualidade é… Miró

(miró disco e toca o mesmo)

 

Medo suspende leilão de Miró

(Oliveira e Costa era um dos potenciais compradores?)

 

BPP.Rendeiro diz que clientes foram lesados por serem gananciosos

(deviam, portanto, ter feito depósitos em Caimão, Jersey ou Gibraltar, por exemplo)

 

Lacão leva 59 minutos a questionar ministro

(era num programa de televisão venezuelana ou cubana?)

 

Deputado faz pergunta de 59 minutos

(está a treinar-se para entrevistar Fiel de Castro?)

 

Jorge Jesus: “Abordámos o jogo com seriedade”

(era suposto que não o fizessem?)

 

Fernando assinou pré-acordo com o City

(se calhar, foi por isso que se lesionou)

 

(jovem brasileira) Leiloa virgindade por 800 mil euros

(a obra deve ter dedo do Miró)

 

Pedro (Teixeira) mora perto de Cláudia (Vieira)
(Manuel Maria Carrilho também é vizinho da Bárbara Guimarães)

títulos alto risco ricardo tavares miró
Ver comentários