Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Momentos de humor

Maria de Lurdes Rodrigues, ex-ministra da Educação, concedeu uma entrevista ao ‘Expresso’ onde destila um desprezo pelos professores que seria impensável em qualquer outra pasta.

João Pereira Coutinho 3 de Julho de 2010 às 00:30

Alguém imagina um ministro da Agricultura com particular asco pelos agricultores? E, no entanto, a dra. Rodrigues não tem freio: os professores, para ela, recusam a avaliação porque preferem ser todos iguais.

Que existam milhares de docentes que sejam o contrário desta caricatura e que tenha sido a mediocridade do seu modelo a despertar a ira da classe, eis duas evidências que não perturbam a senhora. Por isso, espanta que o eng. Sócrates, no lançamento de um livro da ex-ministra, tenha apresentado a dra.

Rodrigues como uma mulher ‘sem ressentimentos’ e, mais, um exemplo de ‘coragem, grandeza e superioridade’. Sobre os ‘ressentimentos’, aplaude-se o momento de humor. Mas não se aplaude a indelicadeza para com a actual ministra, que passou os primeiros tempos a rasgar as medidas da sua antecessora. Será a dra. Isabel Alçada um exemplo de cobardia, pequenez e inferioridade?

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)