Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Mulas

Enganam-se os que pensam que o ultimato do Presidente só enxovalhou o actual governo. Ele promete fazer maiores estragos na actual oposição. O PS quer eleições em 2014? Afirmativo.

João Pereira Coutinho 19 de Julho de 2013 às 01:00

Mas como chegar a 2014 sem o carimbo da austeridade? Eis o dilema de Seguro, que fez da renegociação do memorando e de políticas de crescimento os seus cavalos de batalha. Sem eles, Seguro estará condenado a cavalgar uma mula. E, de mula, não vai longe: terá uma parte do PS contra ele – e uma parte do seu eleitorado a fugir-lhe para a concorrência de esquerda.

Perante este cenário, não admira que PSD e CDS já admitam eleições em 2014. E por que não? Perdido por cem, perdido por mil. E, além disso, se a troika se despedir mesmo de nós e se a economia não desiludir no próximo ano (ler o boletim do Banco de Portugal), talvez as favas não estejam completamente contadas. Sobretudo com um PS em guerra civil.

Texto escrito com a antiga grafia

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)