Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
27 de Setembro de 2005 às 00:00
Mas é evidente que não pode ficar de braços cruzados. Deve reagir aplicando penas severas. Não se pode reagir ao terrorismo com penas leves ou com contemplações, mas há limites que o Estado de direito democrático deve continuar a respeitar.
Representaria uma vitória para os terroristas reagir esquecendo os direitos, liberdades e garantias que o estado de direito democrático assegura a todos e que determinam a sua superioridade ético-política na luta contra o terrorismo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)