Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
16 de Maio de 2005 às 00:00
SIM
Além da língua que une Portugal e Brasil, os dois países têm muito a ganhar com parcerias nos negócios, sendo o Brasil o principal destino do investimento externo de Portugal. A TAP é mais que uma empresa de aviação, é quase uma bandeira nacional e nesse sentido a sua associação com a Varig, empresa emblemática do Brasil é um bom sinal. Mas este ‘casamento’ não pode ser feito a qualquer preço.
Armando Esteves Pereira - Editor Executivo
NÃO
O que é importante para Portugal, em qualquer negócio que envolva a TAP, é a salvação da nossa companhia aérea – um verdadeiro símbolo nacional. Ainda há pouco, a transportadora aérea portuguesa, flagelada por um passivo do tamanho do céu, procurava um parceiro salvador. É ela que surge agora como salvadora da Varig à beira da falência. Manda a prudência que o sócio seja rico...
Manuel Catarino - Editor de Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)