Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Ninguém acredita

A Alemanha alimenta-se da desgraça dos outros, disse António José Seguro. E a que se deveu este arroubo de contornos vagamente xenófobos? Simples: a Alemanha emite dívida a juros baixos; o resto da Europa desunha-se a pagar muito mais. Como explicar este mistério?

João Pereira Coutinho 27 de Maio de 2012 às 01:00

Não, com certeza, pelo facto de a Alemanha ter feito ajustamentos dolorosos (no tempo das vacas gordas) e ser um caso raro de crescimento no meio da estagnação geral, o que sempre consola os investidores. Para Seguro, a Alemanha paga pouco porque não quer ‘mutualizar’ a dívida, arcando parcialmente com as dívidas dos outros. Na cabeça de Seguro, a srª Merkel devia ignorar o seu eleitorado; rasgar a constituição do seu país; e ser mais amiga dos portugueses e gregos, desprezando os alemães. Seguro é ‘candidato’ a primeiro-ministro de um país que se situa a norte da linha do Equador. Mas, contado, ninguém acredita.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)