Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
19 de Outubro de 2004 às 00:00
Um desejo que nenhum dos que se sentiram envergonhados pode controlar depois do que viram e ouviram após o jogo da Luz, muito abaixo do que se tem visto na ‘Quinta das Celebridades’.
Se dúvidas ainda houvesse, Luís Filipe Vieira, José Veiga e Pinto da Costa mostraram mais uma vez que os mínimos de educação e formação são para eles uma miragem. O que, só por si, lhes devia caducar o acesso a cargos tão importantes como aqueles que ocupam em dois dos maiores e prestigiados clubes portugueses.
Se a isso juntarmos o gesto obsceno de Carolina Salgado, a actual primeira-dama dos portistas, só podemos concluir que o futebol português está transformado numa comédia ordinária que até o mais dos ordinários tem dificuldade em imaginar.
E o Governo tem de intervir: não ouvindo as queixinhas hipócritas do Benfica, mas porque, entre outras coisas, a nova lei Contra a Violência no Desporto prevê a punição de actos como os que Carolina teve na Luz.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)