Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Magalhães e Silva

O bom aluno

Nos anos 90, a fama de sermos, na Europa, o bom aluno, continha o reconhecimento de uma realidade perversa: a troco de fundos, tínhamos aceite destruir agricultura, indústria, pesca e marinha mercante, para que os senhores da CEE continuassem a não ter que mudar o seu paradigma.

Magalhães e Silva 2 de Outubro de 2011 às 01:00

Chegados agora a esta desgraceira, é ver o PM, em Berlim, qual apóstolo Pedro a negar três vezes, repudiando os eurobonds que defendia minutos antes, só para não contrariar a Senhora.

O bom aluno caído em desgraça passou a ser o aluno graxista.

Um mínimo de sentido da realidade dá para perceber que Portugal não tem capacidade para, sozinho, se impor ao Norte. Mas o que não percebemos é por que razão não é possível, com a mesma firmeza com que reiteramos o firme propósito de cumprir, ir dizendo, em todas as capitais, em todos os Conselhos Europeus: "Cumpriremos escrupulosamente, porque isso nos é imposto, mas esta política está comprovadamente errada. Cumpriremos na esperança de que aconteça uma de duas coisas: que mudem de opinião ou que aconteça um milagre."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)