Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
31 de Agosto de 2006 às 00:00
Hoje, Sousa Cintra, que dizia Sportém, também já não dava para presidente. No Sporting de hoje, por exemplo, não há lugar para Douala.
Não se querem lá tipos que assinam Douala e se apresentam assim: “Olá, eu sou o Dualá.”
No Sporting vale é a sinceridade entre a escrita e a leitura e não a capacidade técnico-táctica. Desengane-se quem pensa que Moutinho joga por ser bom. Joga por assinar Moutinho, ao contrário de Romagnoli, que não assina Romanholi.
É de coerência de pronúncia que os adeptos leoninos gostam. Por isso compram gueimes bocses.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)