Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Pedro Santana Lopes

O combate que tarda em Lisboa

António Costa, candidato do PS, apresentou ontem a recandidatura à Câmara Municipal de Lisboa.

Pedro Santana Lopes 19 de Julho de 2013 às 01:00

O candidato do PC, João Ferreira, já apresentou há meses a sua candidatura. O candidato do Bloco de Esquerda, João Semedo, apresentou-se há semanas. No Porto, os vários candidatos estão no terreno: Luís Filipe Menezes, pelo PSD, Manuel Pizarro, pelo PS, Pedro Carvalho pela CDU, José Soeiro, pelo Bloco de Esquerda e Rui Moreira, independente, com o apoio do CDS.

Qual é a grande diferença: em Lisboa, a candidatura do PSD/CDS ainda não está "no terreno". Ora, faltam dois meses, pouco mais, para o dia das eleições autárquicas, a 29 de setembro. E nunca, mas nunca, aconteceu o PSD não ter uma candidatura forte no terreno muitos meses antes. É uma situação absolutamente insólita. Existe o argumento das decisões judiciais, sem dúvida. Mas vejamos: as mesmas reservas ou dúvidas se colocam com a candidatura do PSD à Câmara Municipal do Porto e Luís Filipe Menezes não se impressionou nada com isso.

A campanha está plenamente em marcha e ninguém pode falar em falta de comparência ou em falta de trabalho. Pelo contrário, se o candidato ouve alguma acusação é a de ter ideias demais e propostas em excesso. Tem Comissão de Honra, tem mandatários, tem listas, tem outdoors e há vários meses que está "na luta". Em Lisboa, como se sabe, nada disto acontece. Os candidatos às Freguesias estão "no combate", esperaram até por definições de marketing, enquanto no campo adversário António Costa se deve interrogar todos os dias sobre o que terá feito para merecer tal sorte.

Poderá haver uma explicação: foi escolhida a estratégia de só se aparecer mesmo no final, a um mês e tal de eleições... Pois!... Talvez. Teremos, então, e se é assim, de aguardar para avaliar os resultados. Devo dizer que muitas pessoas têm a ideia de que a situação atual da cidade é especialmente propícia a uma disputa com António Costa. Não por causa de temas mais ou menos requentados mas, principalmente, por questões que têm a ver, sobretudo, com o dia a dia da Cidade.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)