Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
4 de Janeiro de 2004 às 01:47
Já os principais dirigentes do Sporting não estarão na Luz com argumentos estranhos porque, desde logo, não vejo nenhum que seja a favor da sua própria equipa. E isso, parece-me, devia ser essencial.
Haverá horas e horas de transmissão televisiva. Mas quem for ao estádio pode até sair de lá sem saber quem marcou os golos, como tantas vezes acontece. A pergunta é: quandoé que a Liga dá autorização aos clubes para transmitirem imagens dos jogos nos écrãs dos estádios? É que os ecrãs foram caros, estão lá para isso e o espectáculo ganhará também com essa outra dimensão.
Aceito que as imagens tenham que ser, nesta fase, editadas, para defender os árbitros nos lances polémicos e nas decisões erradas. Mas muitas vezes as imagens protegem os próprios árbitros. E não aceito que tudo seja mais importante do que o espectador que vai ao estádio e que paga o bilhete. E parece-me que o jogo morre no dia em que for disputado num estúdio de televisão com barulho do público em ‘off’.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)