Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
15 de Julho de 2010 às 00:30

Os diagnósticos estão mais do que feitos. O que falta são soluções sérias para os problemas e coragem para as pôr em prática. E coragem é algo que anda há muito arredado da classe política. Seria bem mais interessante que o Parlamento dedicasse algumas horas a analisar o estado do engenheiro relativo. É que os sinais exteriores são deveras preocupantes. O homem imagina que está a puxar o País sozinho e que carrega às costas com dez milhões de pessoas. O ‘Finantial Times’ diz que é um optimista inveterado. Uma forma muito diplomática de alertar o mundo para o facto de Portugal estar a ser governado por um perigoso irresponsável.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)