Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Luciano Amaral

O Governo acabou

Disse aqui há quinze dias que estávamos perante o fim do primeiro Governo Passos Coelho. Não que ele caísse necessariamente, mas que lhe seria impossível continuar a actuar como até agora.E que ou se reinventava ou se tornava irrelevante.

Luciano Amaral 21 de Setembro de 2012 às 01:00

Pois o Governo não se reinventou a bem, veio com mais um pacote de austeridade à bruta, o povo saiu à rua, o CDS traiu-o e acabou mesmo. Agora vai ter de se reinventar à força. O que vier aí já será outro Governo. Como é que se vai reinventar? Talvez através do "afecto", como vi Ângelo Correia teorizar outro dia na televisão. Sem me querer intrometer, parece--me que o Governo precisará de distribuir imenso "afecto" para explicar o Orçamento rectificativo de 2012, o Orçamento de 2013 e os diversos rectificativos que se seguirão. Porque uma coisa Portas já percebeu, e Passos talvez ainda não: esta política não tem saída. A TSU foi um pretexto. Portas quer mesmo é estar do lado de fora quando o desastre se consumar. A oposição está no Governo. O primeiro Governo Passos Coelho acabou. O segundo acabou no dia em que começou. Pode durar um ano ou uns meses. Mas será uma alma penada.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)