Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Dâmaso

O mal da chafarica

O ciclo infernal da política indígena é conhecido: Cavaco fugiu do PSD, Guterres fugiu do pântano, Barroso fugiu para Bruxelas, Sócrates ateou o incêndio e escapou para Paris.

Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 9 de Abril de 2012 às 01:00

 Passos esforça-se mas não tocou no problema de sempre: uma economia anémica, um Estado refém de interesses opacos e as cada vez maiores clientelas de pessoal político e gestores do dinheiro alheio montadas no pote. A chafarica está, portanto, há muito ingovernável, o que torna quase hilariante o debate político actual. O Governo naufraga em contradições e o PS paga a factura de se ter entregue a uma lógica cesarista e ignorado a subalternização do partido a interesses obscuros. Pode ser pior? Pode, pode!

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)