Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
8 de Dezembro de 2007 às 00:00
Enquanto Chávez tudo jogava num referendo explícito contra a limitação de mandatos presidenciais, já Putin, sem mexer na sua Constituição, utilizava o partido político com o sentido estratégico inovador a que a Rússia nos habituou. Assim, até alcançou no parlamento uma maioria absoluta que tanto lhe serve para rever a Constituição como para governar a Federação.
O petróleo que jorra nos dois países não dá para explicar essas diferenças…
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)