Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
12 de Novembro de 2005 às 00:00
A polícia responde assim aos ‘e-mails’ e SMS que convocam manifestações de jovens da periferia parisiense para vários pontos da cidade. Paris 2005 é, pois, como Évora de há meio século, quando um chefe de polícia dizia (pronunciar à maneira alentejana, por favor): “Nã quer’ ver ajuntamentos ajuntados, nê mais que dois a andar parados”. Os meios de convocação são tão modernos (’e-mails’ e SMS!) que há 50 anos ninguém seria capaz de os imaginar. Mas como andamos e andámos distraídos, eis a Paris de hoje colocada ao nível de um País dos Tempos da Outra Senhora. Lição para hoje: as distracções pagam-se. Que mais não seja com os tempos antigos a morderem-nos as canelas.
Ver comentários