Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
22 de Outubro de 2006 às 00:00
A SIC vai a jogo e de forma acertadíssima, desta vez, estreando já amanhã, às 14h00, ‘O Profeta’, novela da Globo que também acaba de arrancar no Brasil. O objectivo parece ser claro: impedir que a RTP continue a dominar o horário e a embalar, depois disso, para tardes muito equilibradas e, até, decisivas para a boa ‘performance’ geral da estação. Ao ponto de, como se vê, a televisão pública ter voltado a conseguir discutir com a SIC as vitórias mensais.
Com ‘Escrava Isaura’, ‘Essas Mulheres’ e, agora, ‘Os Ricos Também Choram’ (três telenovelas brasileiras), a RTP cresceu significativamente (aproveitando também a força e os bons resultados do histórico ‘Jornal da Tarde’) e obrigou, de certa forma, a que este horário tivesse que ser repensado pela concorrência. A SIC está decidida: o problema é para ser atacado de frente e não vai lá com reposições.
A medida tem custos (financeiros, naturalmente), mas perder a parte final da corrida (2006) para a televisão pública... poderia custar ainda mais. E ‘O Profeta’, à partida, parece completamente adequado para o público disponível ao início das tardes. O tempo o dirá. Para já, e apesar da decisão acertada, fica apenas uma questão: ‘O Profeta’ – que, funcionando, poderá até vir a ser fundamental na protecção ao já bem sucedido ‘Contacto – vai estrear praticamente com promoção zero. Não faz muito sentido apostar desta maneira, gastar dinheiro e depois o produto aparecer na antena de forma quase ‘clandestina’. Enfim, estratégias...
Quem teima em não investir um cêntimo no espaço 14h00/17h00 é a TVI. José Eduardo Moniz continua a privilegiar o horário nobre, onde ganha de forma esmagadora, e mantém--se durante a tarde com o ‘Anjo Selvagem’ e o ‘Quem Quer Ganha’. Para já, a fórmula não tem impedido a estação de liderar. E até com alguma folga – apesar de já não ser... a folga de outros tempos. Veremos se, um dia destes, não será mesmo necessário combater, com outros argumentos, as novelas brasileiras do início da tarde e, também, o ‘Portugal no Coração’ e o ‘Contacto’.
No ‘day time’, a TVI continua a ter sérias dificuldades (até porque o ‘Clube Morangos’ é um ‘flop’), mas a esperança, ainda que adiada, tem um nome: ‘Doce Fugitiva’. A telenovela mais acarinhada nos últimos tempos por TVI e NBP tem estreia marcada para a próxima terça-feira.
Dia 24, às 22h15, será lançado o produto que pode mexer com o relativo equilíbrio que se regista actualmente entre as três estações. Para já, Moniz programou-o apenas para o horário nobre. Quarta-feira, pela manhã, quando receber os primeiros resultados, veremos se Moniz não começará a planear os desdobramentos da ‘Doce Fugitiva’...
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)