Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
4 de Agosto de 2003 às 00:00
De acordo com as funções definidas pelo legislador, os Técnicos Oficiais de Contas (TOC) são responsáveis pela execução dos actos conducentes à determinação da capacidade contributiva de empresas e empresários, com vista a determinar o quantitativo de impostos que cada um deve pagar, para a manutenção das despesas da sociedade em que se inserem.
De facto, atendendo a que, sensivelmente, 75 por cento das receitas globais do Estado advêm de impostos não é difícil avaliar da importância e responsabilidades destes profissionais na vida pública portuguesa.
Aquelas preocupações levaram a CTOC a definir uma estrutura curricular que se adequasse à realidade sócio-empresarial do país e a definição de mecanismos de preparação profissional com vista a habilitar os futuros membros com um mínimo de conhecimentos da realidade que os espera no exercício da profissão.
É inquestionável o esforço despendido, no sentido de melhorar as qualidades profissionais dos TOC. Neste âmbito, não aceitaremos que outras instituições de regulação profissional procurem desvalorizar, directa ou indirectamente as funções dos Técnicos Oficiais de Contas. O seu a seu dono!
Página elaborada com a colaboração da Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)