Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Onde está Belém?

Que a Madeira não tenha controlo sobre os seus gastos, eis um facto que não espanta. O que espantaria seria a Madeira ser diferente do continente e, nesta hora de aperto, apresentar uma contabilidade imaculada. Não há milagres.

João Pereira Coutinho 17 de Setembro de 2011 às 00:30

O buraco de 1113 milhões de euros não deve perturbar pela dimensão da factura. Deve perturbar, sobretudo e acima de tudo, pela quebra de lealdade institucional entre a administração regional e as autoridades estatísticas – o INE e o Banco de Portugal – perante as quais a Madeira tem de apresentar contas a tempo e horas. O endividamento pode ser grave; a ocultação do endividamento, mais grave ainda.

É por isso que Jardim não é apenas um problema (partidário) de Passos Coelho. É um problema (político) do Presidente da República. Fosse Portugal um país que se respeitasse, e que respeitasse a sua Constituição, e Belém não estaria em silêncio perante este irregular funcionamento das instituições democráticas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)