Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
30 de Dezembro de 2002 às 00:00
Por exemplo, se tem um empréstimo à habitação, pode fazer uma conta-poupança habitação para mais tarde amortizar . Se aplicar 2257 euros neste produto pode ter uma rentabilidade média de 27,5% (soma da dedução no IRS mais os juros). Como é fácil conseguir obter empréstimos abaixo de 10 por cento, a diferença é o lucro real da aplicação. Pode-se fazer o mesmo exercício para outras aplicações como os PPR/E e os resultados são semelhantes. Mas também convém lembrar que neste tipo de produtos não compensa investir mais do que o limite que permite a dedução fiscal e nem todos os produtos são adequados para todos os contribuintes. Assim, para um contribuinte com menos de 30 anos, sem filhos, não é aconselhável subscrever já um PPR.
Ver comentários