Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
9 de Agosto de 2008 às 00:30

Há mortes que não pesam na consciência. As imagens que as televisões passaram fizeram mais pela prevenção da criminalidade do que anos e anos de conversa e revisões das leis penais. Um censor da RTP – estúpido como todos os censores – não percebeu a importância das imagens da libertação do reféns e mandou cortar a emissão. A insegurança e o sentido da impunidade também se combatem com notícias – como a do Correio da Manhã que contava como uma mulher, para salvar a vida dos filhos, descarregou o revólver contra um assaltante armado que lhe entrara em casa para roubar.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)