Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Magalhães e Silva

Os dividendos

Comporta alguma injustiça a pretensão de que sejam os ricos a pagar a crise, quando não são todos eles responsáveis pelas manigâncias financeiras que, aliadas ao desgoverno público, conduziram ao actual estado de coisas.

Magalhães e Silva 5 de Dezembro de 2010 às 00:30

Mas causaria, no mínimo, indignação, se se pretendesse que fossem os pobres a pagá-la, quando apenas alguns deles cederam à tentação de comprar casa, carro e férias, sem futuro certo para os pagar. E, no entanto, é isso que se está a passar. Senão vejamos.

Procurando evitar o novo regime de tributação de dividendos de 2011, as empresas abrangidas anteciparam o seu pagamento para 2010. Se for legal, como parece, nada mais compreensível. O que não se compreende é que, não tendo o Estado hesitado em aplicar retroactivamente a lei para os salários dos trabalhadores, recuse agora fazer o mesmo aos dividendos dos accionistas.

Que nesse caso fugiriam para outros países com regime fiscal mais favorável, dizem os comentaristas de serviço. Pois bem, se nesta profecia vão fugir em 2011, porque o nosso regime deixa de ser atractivo, então, antes de fugirem, deixem cá algumas centenas de milhões, para ajudar a equilibrar as contas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)