Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco J. Gonçalves

Os filhos do Estado

O mais recente relatório da ONU sobre a população mundial revela que Portugal é o segundo país do Mundo com menos nascimentos. As previsões indicam que entre 2010 e 2015 cada portuguesa terá 1,3 filhos. Isto é deprimente por inúmeras razões, mas especialmente porque o segundo filho fica a menos de meio.

Francisco J. Gonçalves 2 de Novembro de 2011 às 01:00

 

Pior do que nós na lista dos pouco dados a trazer seres humanos ao Mundo, só a Bósnia, com uns míseros 1,1 filhos. Mas as bósnias têm a desculpa da guerra. De facto, a lembrança da carnificina nos Balcãs não é especialmente motivadora.

Por cá, no entanto, de que nos queixamos? O sol do Verão dura ainda a espaços e temos um novo governo que promete meter o País nos eixos antes de os eixos se partirem com o excesso de peso de um Estado gordo e ineficaz. Que o emagrecimento do ‘monstro' passe pelo emagrecimento dos empregados do Estado é uma medida do tipo dois em um: tira--se gordura à máquina e, de uma só penada, combate-se as doenças associadas à obesidade dos funcionários.

E há mais. Retirando conclusões do relatório da ONU, o governo vai acabar com uma unidade praticamente inútil: a maternidade Alfredo da Costa. Brilhante!

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)