Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Magalhães e Silva

Os ignorantes

Um empresário de sucesso indignou-se com o coro de críticas a António Borges quando do episódio ‘ignorantes’, porque o homem, disse, é professor universitário e foi mesmo reitor da prestigiada INSEAD.

Magalhães e Silva 7 de Outubro de 2012 às 01:00

Ora, já era tempo de ser coisa pacífica que a formação universitária pode dar cultura, mas não dá saber prático, nem qualifica profissionalmente; e ter um ou vários graus académicos não habilita ninguém, só por si, para gerir empresas ou governar países.

Enquanto se não perceber isto, andar-se-á sempre à procura de um professor que nos salve, em vez de buscarmos os que, com doutoria ou sem ela, saibam da coisa pública e tenham algum bom senso. Aquele que permitiria, perante a propalada excelência académica da descida da TSU à custa dos trabalhadores, perceber essas coisas tão elementares e com as quais quem governa se defronta diariamente: justiça distributiva e economia real; não de sebenta, seja do ISEG, seja da INSEAD.

Foi isto que nos trouxe o folhetim das licenciaturas Sócrates e Relvas, que antes de os infamarem a eles nos infamam a nós.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)