Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
28 de Novembro de 2006 às 00:00
A Turquia é uma ponte. Do ponto de vista europeu, uma ponte frágil, mas ponte. Há dezenas de anos, o imperialismo britânico, por causa do petróleo, aliou-se ao que de mais reaccionário e atrasado tinham os muçulmanos.
Contra os turcos que defendiam um estado laico, o Ocidente preferiu pastores de camelos das Arábias. Aliança espúria, um bocado como os ideólogos do Bloco de Esquerda que, hoje, defendem o véu das mulheres muçulmanas.
Pagámos caro a malandrice da British Petroleum (BP), pagaremos menos pela do BE (não por falta de vontade deles, mas pela sua irrelevância). Em todo o caso, boa sorte para nós e para a Turquia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)