Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
28 de Novembro de 2006 às 00:00
Neste campeonato onde FC Porto e Sporting se destacam cada vez mais, todas as semanas surgem novos candidatos a mini-sensação da prova. Desta vez é o Paços de Ferreira, muito graças a dois factores: a performance no Estádio da Mata Real e o momento de Edson. No papel, o 4x3x3 de Mota pareceria mais fadado para o contra-ataque, mas é em casa que o Paços vai justificando o destaque que merece.
É, além de FC Porto e Benfica, a única equipa invicta nos jogos em casa, com a particularidade de ser, depois do FC Porto, a que prolonga essa invencibilidade mais para trás: a última derrota, encaixou-a há 13 jogos, nos finais de Janeiro, contra o Boavista. Desde então, já lá voltaram a cair os axadrezados, bem como o Benfica, este por duas vezes. E se prolongar a série contra E. Amadora e Beira-Mar, os dois últimos, o Paços de Mota atinge um campeonato simbólico (15 jogos) sem derrotas caseiras.
Assim se mantenha em boa forma o fulgurante Edson, que regressou de lesão à quinta ronda e, desde então, esteve na base ou na finalização de seis dos oito golos da equipa. E já ninguém se lembra de Ronny.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)