Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Mário Nogueira

Peça do puzzle

Não há reforma curricular, só acertos e em baixa. Ainda não se conhecem os conteúdos curriculares, mas já se sabe o número de horas e o modelo de lecionação. Se fosse coisa a sério, seria ao contrário, mas não é disso que se trata!

Mário Nogueira 21 de Dezembro de 2011 às 01:00

Vejamos a ordem dos fatores da "revisão": primeiro fixou-se um corte de 102 milhões de euros; depois reduzem-se horários docentes para acertar com a contabilidade; por fim, se verá o que fazer, na certeza de que se fará quase o mesmo que hoje, só que em condições mais negativas. Contas feitas, serão cortados cerca de 10 mil horários. Havia que ser cirúrgico, disse Crato, e foi: foi o par pedagógico, foram os desdobramentos e foi o que, para si, não é essencial.

Foi na proposta, claro, vem agora o debate e a luta pela qualidade educativa. Esta é apenas uma peça do puzzle que se completará com outras medidas que o OE também prevê, totalizando muitos milhões, muito desemprego, muita quebra de qualidade educativa. Não é preciso ser adivinho para prever o impacto desejado: feito o trabalho sujo, quase 25 mil horários desaparecerão… e o puzzle completa-se!

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)