Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
16 de Novembro de 2005 às 00:00
SIM
Os donos das salas de conversação (‘chats’) devem ser responsabilizados se ali se acoitarem criminosos – sejam eles quais forem. Tão simples quanto a elementar lógica das coisas. Mas só isto não chega para tornar mais eficaz o combate à pedofilia na ‘net’: é apenas um passo, entre outros – como obrigá--los a cooperar com as polícias de todo o mundo na vigilância das conversas em tempo real.
Manuel Catarino - Editor de Portugal
NÃO
Proibir às cegas nunca resultou e não será agora a primeira vez. Responsabilizar os detentores de ‘chats’ faria apenas com que crianças e pedófilos se deslocassem para outro ‘chat’, dos milhões disponíveis, o número de vezes necessário. Só há uma forma de superar o problema: em casa, pais atentos; na ‘net’, polícia informática activa e apoiada por legislação adaptada aos novos perigos.
Nuno G. Pereira - Editor de Sociedade
Ver comentários