Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
15 de Janeiro de 2006 às 00:00
E não é por causa de Souto Moura.
O PGR já mostrou em várias ocasiões a sua falta de pulso para a função. Reafirmo esta opinião.
Porém, o que se passou nos últimos dois dias é um desastre a que Souto Moura só não é totalmente alheio por via da sua reacção tardia e pouco clara na tarde de sexta-feira.
Tudo o resto passou ao lado do PGR. A reacção desproporcionada de Sampaio. O apoio de Sócrates. As sentenças a quente dos candidatos à Presidência da República – com a honrosa excepção de Cavaco Silva.
Factos: a PT, por falta de experiência ou de meios (?), enviou, junto com a lista de telefonemas feitos por Paulo Pedroso durante determinado período, um ficheiro onde constavam igualmente os dados referentes a mais 207 números de telefones fixos pagos pelo cliente-Estado. O Ministério Público não foi informado dessa face oculta dos ficheiros. E ninguém – devidamente habilitado, magistrado ou advogado – terá dado por tal durante muito tempo. Agora sabe-se que um advogado pediu a confiança da juíza titular do processo e ali encontrou o que não estava visível “com recurso a um técnico qualificado”, explica.
Mas que importa isso?
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)