Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
11 de Maio de 2014 às 00:30

SIM

Para que continue a existir um sistema público de pensões que possa acudir a todos é necessário que o Estado diga aos atuais e futuros reformados quanto é que o País pode pagar. É uma questão de honestidade intergeracional.

Miguel A. Ganhão, subchefe de redação

NÃO

O Governo poderá até colocar um tecto máximo no valor das reformas, mas 2500 euros será sempre um montante baixo. Não nos podemos esquecer que as reformas são pagas mediante os descontos que cada contribuinte fez.

Hugo Real, editor cultura/TV&Media

Pensões Estado reforma pagamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)