Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Joana Amaral Dias

Prognóstico antes do jogo

Faltam horas para a final, o que não impede o relato. Sócrates acusou Passos de irresponsabilidade, de criar a crise política, enquanto ele fez tudo pela nação.

Joana Amaral Dias 21 de Maio de 2011 às 00:30

O líder do PSD culpou o oponente da "actual situação", de ter desperdiçado todas as oportunidades oferecidas pelos sociais-democratas para suplantar as dificuldades, nomeadamente não emagrecendo a despesa pública. O líder socialista retorquiu que o adversário quer acabar com o Estado social.

E engalfinharam-se no "as minhas privatizações são melhores que as tuas". No minuto final, Sócrates apelou à estabilidade e à experiência. Passos lembrou que quem gerou o problema não o resolverá. Sócrates achou que venceu a batalha. Passos ainda acredita que ganhará a guerra. Os espectadores concluíram que, mais previsível, só os desportivos de segunda-feira.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)