Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Manuel Silva

Próteses ilegais

Um bom exemplo que ilustra a razão da Ordem dos Médicos exigir mais e melhor controlo de Qualidade nos medicamentos e nos dispositivos médicos: só depois da taxa anormal de rupturas das próteses mamárias PIP, francesas, uma inspecção verificou que o gel de silicone utilizado era afinal diferente do constante na documentação técnica! Os implantes não estavam conforme a Directiva 93/42/CE. <br/><br/>

José Manuel Silva 5 de Janeiro de 2012 às 01:00

Estas próteses conteriam uma mistura de produtos que nunca foram objecto de testes clínicos de avaliação no ser humano, e que terão originado a ruptura dos implantes.

Na ausência de estudos prévios, só o futuro poderá dizer se estas próteses poderão desencadear outros problemas de Saúde, ou não. As mulheres que os utilizaram devem consultar o seu cirurgião.

Para a história fica mais um falhanço das Entidades Reguladoras. Não podemos confiar nelas cegamente.

Por isso, a Ordem dos Médicos exige que os dossiers de aprovação dos medicamentos e a biodisponibilidade dos genéricos sejam públicos. Algo se esconde?

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)