Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
31 de Maio de 2011 às 00:30

 Em relação à sondagem de sexta-feira, regista-se uma subida do PSD e do CDS, com mais 1,2% e 1,4%, respectivamente, uma descida do PS e do BE, com 1,8% e 1,3%, respectivamente, enquanto a CDU aparece com o mesmo resultado. Nesta sondagem, a vantagem do PSD é, agora, de 4,7%. Já na SIC, o PSD aparece na frente com 34,7%, o PS com 32,1%, o CDS tem 12,9%, a CDU 7,7% e o BE 6,3%. Em relação à sondagem de sábado, o único partido que sobe é o PSD, mais 1%. PS, 0,3%, CDS, 0,3%, CDU e BE, 0,1%, perdem nas intenções de voto. Nesta sondagem, a diferença entre PSD e PS é agora de 2,6%. Faltam quatro dias e ainda muitas sondagens. Boa sorte.

PARTIDO DOS ANIMAIS: UMA BOA MIOLEIRA DE CABRITO

Numa altura em que os políticos nos dão cabo dos miolos, importa tomar medidas urgentes. Nada melhor do que comer uma mioleira de cabrito. Eis os produtos: uma mioleira de cabrito, dois bons dentes de alho, salsa, sal, um copo de vinho branco, o tal que Catroga quer aumentar, duas colheres de sopa de vinagre, uma cebola, um decilitro de azeite, cem gramas de miolo de pão alentejano, seis ovos e pimenta.

OS MARKETEIROS: CUIDADO COM O CHEQUE SOCIAL

Leite Campos, vice-presidente do PSD, desapareceu da campanha. Uma excelente medida. Depois de defender o cheque social para os pobres que não sabem gastar bem o dinheiro que o Estado lhes dá, importa manter o homem longe dos microfones numa altura em que Passos Coelho se lembrou dos pobres.

A FUGA: LEVE PEPINOS PARA BERLIM

A viagem é barata e patriótica. Apanhe o avião para Madrid, compre uns belos pepinos espanhóis, esconda-os na mala e parta rapidamente para Berlim. Quando chegar à capital da Alemanha, tente tudo por tudo para ver a senhora Merkel e ofereça--lhes os pepinos. Com sorte salva Portugal da bancarrota certa.

MAIS

PAULO PORTAS

O líder do CDS deixou muito social-democrata de boca aberta quando afirmou que estava à esquerda do PSD em matéria social. E apanhou os marketeiros laranjas de calças na mão. A resposta social-- democrata foi um desastre, e Paulo Portas ganhou mais uns pontos.

MENOS

PASSOS COELHO

A resposta do líder do PSD a Paulo Portas foi o exemplo do que não se deve fazer. Sábado, numa entrevista, admitiu que o PSD ganhou um aliado na troika. Domingo, lembrou-se dos pobres, os mais atingidos pelo programa que Passos Coelho quer ainda mais radical.

A PALAVRA: BANCARROTA

Tem andado sempre na boca da esquerda, mas entrou decididamente na moda quando Passos Coelho afirmou que não quer uma tragédia grega em Portugal. Mas a bancarrota, infelizmente, não depende de quem ganhar as eleições. A Grécia já vai no quinto ou sexto plano de austeridade e continua a afundar-se. A Irlanda já admite pedir mais dinheiro à União Europeia e ao FMI. Seguem-se a Bélgica, a Itália e a Espanha. É o destino de Portugal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)