Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
8 de Março de 2005 às 00:00
1. Já todos percebemos que o campeonato não será ganho de forma indiscutível, muito menos por quem pratique um futebol redondo, bonitinho. Todos? Não, em Alvalade um pequeno reduto resiste a essa ideia, convencido de que jogar bem acabará por fazer a diferença. Parece um erro.
A dez jornadas do fim, os pontos fortes de qualquer candidato deverão ser a solidez psicológica e a vontade de ganhar. Como se chega lá será, a cada jornada, secundário.
Chegou o tempo do futebol feio, estilo “quanto pior melhor”, desde que eficiente e seguro. Assim, não custa aceitar que os mais competentes a defender acabarão em vantagem. E esse é um “detalhe” que José Peseiro ainda não resolveu, uns meses depois de ter chegado a Alvalade. Pergunta óbvia: irá a tempo?
2. A derrota no Restelo, só por si, nada significa. Mas acentua a ideia de que sobrando talento e agradando à vista, falta um inquietante qualquer coisa ao Sporting. Sobretudo fora de casa. E, pior para Peseiro, dramatizou a importância do jogo com o FC Porto, daqui a duas semanas. Por sinal a única equipa que ainda não perdeu longe de casa.
3. O FC Porto é de resto a antítese do Sporting. Joga hoje pior do que há uns meses, mas aparentemente recuperou pelo uma das qualidades antigas: a vontade de ganhar, a todo o custo. Pela primeira vez esta época virou um resultado a seu favor, num daqueles jogos que costumam marcar um grupo.
4. O Benfica teve a sua noite de felicidade na Madeira. Beneficiou de um erro grave do árbitro e de umpenálti falhado pelo Nacional perto do fim. Pelo meio demonstrou determinação. Sem uma grande exibição (lá está…) fez o suficiente para esta fase da época. E depois do empate no Dragão, ganhar na Choupana foi mais um drible na história recente.
5. O Braga confirmou em Setúbal que está para ficar, pelo menos mais umas jornadas. Para já é terceiro e tem melhor relação entre golos marcados e sofridos do que os da frente. Elogiar Jesualdo Ferreira é uma evidência, esperar ainda mais desta equipa uma possibilidade que ganha sentido.
6. No campeonato dos últimos, seis equipas ficaram definitivamente para trás: Beira-Mar, Académica, Estoril, Gil Vicente, Penafiel e Moreirense.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)