Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
11 de Outubro de 2005 às 00:00
O que quer dizer que a maioria de José Sócrates nas legislativas não criou uma grande mobilização, o que aliás seria difícil em face das medidas do Governo para tentar sanear as contas públicas.
O resultado podia ser melhor, os principais candidatos, sobretudo, podiam ser muito melhores, até porque Carmona, Rio ou Seara estavam longe de serem imbatíveis. Mas seria curioso fazer uma sondagem sobre o voto dos funcionários público, que provavelmente penalizou directamente o Executivo nas cidades.
O PSD aparece como vencedor e o seu líder sai reforçado. Mas não sei se Marques Mendes, além do apoio de certa opinião publicada, consegue realmente unir o partido.
Já a CDU, tem um balão de oxigénio, premiando Jerónimo e a competência dos seus candidatos.
O CDS aproveitou as eleições para vender o líder – mais do que os candidatos – e vai tentando resistir.
O BE fez mais uma campanha populista, como diz Pacheco Pereira, contra os candidatos-bandidos, sem ideias a não ser essa ideia-mestra da ética que é bonita e põe toda a gente de acordo, à esquerda, à direita e ao centro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)