Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

Retrocesso civilizacional

O FMI considera que os salários dos privados são altos para a economia ser competitiva e esta questão vai estar em destaque no décimo exame da troika.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 14 de Novembro de 2013 às 01:00

Esperemos que a avaliação seja feita com pés e cabeça, com dados reais, e não se limite à tortura estatística para confirmar o preconceito do FMI. Aliás, os salários dos privados já baixaram com este ajustamento.

A receita da desvalorização interna, que tem sido seguida, leva o País a viver a pão e água. Conseguiu o equilíbrio das contas externas, mas à custa de centenas de milhares de desempregados, vítimas do desaparecimento da procura interna.

Se for acelerada, esta política levará a um triste retrocesso civilizacional do País.

Retrocesso civilizacional FMI Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)