Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Joana Amaral Dias

Sá-di-cos

Portas deu um chá das seis para lançar os foguetes de uns supostos indicadores macroeconómicos e apanhar as canas de uma suposta linha vermelha que não pisou.

Joana Amaral Dias 5 de Outubro de 2013 às 01:00

Não fosse a troika teimar em manter o défice no tetra, não o deixando chegar ao seu querido penta, a coisa até tinha passado como uma mentira credível. E a festa tinha sido tão bonita, pá.

Dizem que nesta campanha os membros do governo tiveram que passear carregados de seguranças. Mas esta sua equipa é mais vasta. Cavaco lá deu uma mãozinha, chamando masoquistas, com divisão silábica, aos que acham que a dívida é insustentável. Para não falar do seu empurrar as legislativas com a barriga. Já a troika permitiu a aglutinação das avaliações para que os resultados só fossem conhecidos no pós-
-autárquicas e que ainda pouco se saiba sobre o talho que vai ser o próximo orçamento. Agora resta saber onde é que o governo vai arranjar a capacidade de o fazer constitucionalmente e a legitimidade política para pendurar mais uns milhares de portugueses no gancho. Cavaco Silva que responda. Até pode soletrar.

sádicos portas troika cavaco silva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)