Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
9 de Abril de 2007 às 00:00
SIM
O simples facto de 50 por cento do pescado ser diariamente destruído deixa-nos descansados. Uma percentagem muito mais baixa é que deveria colocar-nos de sobreaviso. Apesar de tudo, há que ter alguma confiança nos veterinários que zelam pela qualidade daquilo que comemos. Seja peixe ou carne.
Fátima Vilas-Bôas, Editora Cultura & Espectáculos
NÃO
“A ignorância é força.” A máxima criada por George Orwell em ‘1984’ assenta que nem uma luva neste tema. Sendo óbvio que deve sempre existir a máxima vigilância, esse não deixa de ser um esforço hipócrita tendo em conta as deploráveis condições em que os animais de que nos alimentamos passam as suas breves vidas.
Leonardo Ralha, Editor de Sociedade
Ver comentários