Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
4 de Setembro de 2004 às 00:00
Já Scolari enfrenta uma nova era: sem Rui Costa e Figo, mas com toda a nova geração de talentos que acabou por levar Portugal ao segundo lugar no Euro‘2004, o treinador tem uma equipa que precisa ainda de ser trabalhada, que precisa, em boa verdade, de treinador.
Durante o Euro’ 2004, Felipão revelou-se um bom agitador de massas, mas foi bem menos consistente nas suas opções técnicas. O segundo seleccionador mais bem pago da Europa – apenas atrás de Eriksson – tem agora o tempo e os desafios necessários. Já sei que para ele não contam as exibições, só valem os resultados. mas uma Selecção não pode deixar de ter um papel catalisador, de ser uma montra onde a excelência deve ser procurada em tudo.
Ganhar este grupo de qualificação, em que o grande adversário é a Rússia – deve ser o objectivo, porque a equipa que lhe puseram nas mãos vale bem isso. Já se anuncia para um tempo próximo a chamada de Derlei à equipa nacional. logo que o avançado do FC Porto adquira a nacionalidade portuguesa. Convém que a sua integração se faça melhor do que a de Deco. E, no grupo de trabalho, esse é um dos trabalhos indeclináveis do seleccionador nacional.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)